fbpx

Maio: Lar de Antônio Tereza

Lar de Antônio Tereza foi a instituição contemplada com R$ 3.000,00 pelo projeto Corrente do Bem 2018 no mês de maio. Indicado pelo tabelião da comarca de Jequeri, Paulo Campos Vieira Starling, o Lar foi construído no bairro Trevo, região da Pampulha, em um terreno comprado em 1987 para esse propósito.

Depois de quase duas décadas de arrecadação, a sede ficou pronta em 2009. Hoje, o Lar conta com doze casas lares, sete salas de aula, três auditórios, biblioteca, consultórios médicos e odontológicos, quadra de esportes, área de lazer e um refeitório com capacidade para servir até mil refeições por dia para crianças da comunidade e órfãos.

São atendidas, atualmente, 439 crianças no Centro Educacional Infantil do Lar de Antônio Tereza em regime integral. Além de estarem bem acomodadas e receberem supervisão adequada enquanto os pais ou responsáveis trabalham, todas as crianças têm quatro refeições por dia com acompanhamento nutricional.

Visando uma integração e considerando a sua importância, a instituição oferece também atividades voltadas para a comunidade local como um todo. Em trabalho conjunto com o Grupo de Capoeira Asa Branca, o Lar promove aulas para crianças e adultos, o Capoeira no Lar. O objetivo é divulgar essa arte brasileira e melhorar o bem-estar físico e mental dos moradores da região, proporcionando, ao mesmo tempo, lazer e saúde. Além disso, com o projeto Alfabetização para adultos e o apoio de colaboradores voluntários, a entidade oferece o curso de alfabetização para membros jovens e adultos da comunidade que somente agora puderam retornar e terminar seus estudos.

O Lar de Antônio Tereza está fechando convênios com as prefeituras da capital e de outras cidades da região metropolitana para receber, ainda no primeiro semestre, menores que precisam de abrigo e assistência. Logo, todo auxílio é bem-vindo. Quem também quiser contribuir, o Lar possui o Apadrinhamento, que pode ser feito por meio de autorização de débito na conta da Copasa; por boleto enviado via Correios; e por débito mensal automático autorizado em banco através de preenchimento de ficha própria.

A adesão de voluntários também é de suma importância para a prestação do melhor atendimento à comunidade. A instituição tem, atualmente, abertas vagas para trabalho voluntário nas áreas de contador de história, psicólogo infantil, professor de música, dentista (odontopediátrico) e auxiliar de serviços gerais.

“A divulgação feita pelos Cartórios de Protesto através do projeto Corrente do Bem é muito importante para que as pessoas que ainda não conhecem o Lar saibam do carinho e zelo prestados à comunidade. Esse recurso financeiro nos auxiliará na manutenção dos nossos serviços e contribuirá no projeto de ampliação física que temos planejado”, pontua Alexander, coordenador administrativo, referindo-se ao projeto de construção de mais seis casas lares, da oficina de ensino, da padaria e da lavandeira.

Quem tiver interesse, pode fazer doações ao Lar Antônio Tereza mediante boleto, depósito pelo Banco do Brasil na conta número 47.151-8, agência 3610-2; ou via débito automático ou via cartão de crédito.

Tabelião, ajude essa causa! Sua doação é fundamental para que o Lar de Antônio Tereza continue atendendo às crianças da comunidade do bairro Trevo.

Para doações e maiores informações, basta ligar para (31) 3497-4242 ou acessar o site http://www.lardeantoniotereza.org.br/.

Que tipo de documento deseja enviar a protesto?