Para esse mês, a Instituição adotada foi o Lar Teresa de Jesus. O lar é uma instituição filantrópica, não governamental, sem fins lucrativos, que existe desde março de 1999.

Fundado por Dona Magdalena de Araújo, o Lar Teresa tem como missão o acolhimento de forma integral, com ações baseadas em valores espirituais, sociais e humanísticos, por meio da garantia de acesso à cidadania e promoção humana de pessoas em tratamento do câncer ou doenças crônicas, vindas de outras cidades, em situação de vulnerabilidade social, que necessitam de tratamento médico hospitalar na rede SUS e não possuem recursos ou apoio de familiares em Belo Horizonte para se manterem durante o tratamento.

O Lar possui atualmente, quatro unidades, sendo a sede localizada na Av. do Contorno, nº 9297 e nº 9277– Bairro Prado/BH-MG.

A casa de apoio preza pelo bem-estar, qualidade de vida e amparo integral para seus acolhidos, através da administração de serviços como: hospedagem para o acolhido e 01 acompanhante, 6 refeições diárias, transporte para os hospitais, assistência social, psicológica, nutricional e enfermagem. Também são promovidas oficinas de arte e entretenimento, trabalhos manuais, oficinas de higiene e embelezamento, terapias ocupacionais, etc, com o objetivo de resgatar a confiança e a auto- estima de quem está em tratamento contra o câncer.

Nos últimos meses, o Lar Teresa vem acolhendo mais de 120 pessoas, que se encontram em tratamento, no pós-cirúrgico ou no retorno para acompanhamento clínico médico. A instituição acolhe e assiste aos pacientes todos os dias, por 24 horas. O tempo de permanência dos acolhidos na instituição é em torno de 30 dias, sendo os retornos de 3 a 4 vezes ao ano.

O acesso dos acolhidos ao Lar, é possibilitado por uma solicitação da Secretaria da Saúde de cada município ou por encaminhamento de Assistentes Sociais de hospitais de referência em Belo Horizonte como: Hospital Felício Rocho, Hospital Luxemburgo, Mário Pena, Instituto de Radioterapia São Francisco, Hospital da Baleia, Santa Casa, Hospital Alberto Cavalcanti, Hospital e Maternidade Odete Valadares e Hospital das Clínicas.

Ao longo de 18 anos de existência, o Lar Teresa de Jesus já atendeu mais de 12.000 pacientes e seus acompanhantes, desenvolvendo um trabalho essencial à saúde e assistência social do país, com forte impacto social.

“O Projeto Corrente do Bem, além de disponibilizar o recurso financeiro que nos auxiliará na manutenção dos nossos serviços, ajudará a divulgar a nossa causa e mostrar quão é importante o trabalho realizado pelo lar”, diz Flávia Braga – assistente social.

Quem também quiser contribuir, a Casa recebe, além de financeira, todos os tipos de doações, entre elas, roupas, produtos de higiene pessoal, calçados, cestas básicas.

Tabelião, ajude nessa causa! Sua doação é fundamental para que a Casa garanta um atendimento digno e humanizado para os pacientes.

Para doações e maiores informações acesse: https://larteresadejesus.org/

    Que tipo de documento deseja enviar a protesto?