fbpx

Caixa paga nesta quinta segunda parcela do Auxílio Emergencial para quem está no Cadastro Único

Medida serve também para aqueles que não recebem Bolsa Família e para os que se inscreveram por meio do site e do aplicativo do Auxílio Emergencial.

A Caixa Econômica Federal segue com o calendário de pagamentos do auxílio emergencial de R$ 600. Na quarta-feira (22.04), foram creditados os pagamentos para mais cerca de 7,2 milhões de brasileiros: o lote inclui 1,2 milhão de beneficiários do Cadastro Único que não recebem Bolsa Família e 4,1 milhões de cadastrados via aplicativo e site. Além deles, receberam os pagamentos 1.924.261 pessoas que são beneficiárias do Bolsa Família.
Até as 8h de terça-feira, já haviam sido pagos R$ 16,3 bilhões para 24,2 milhões de brasileiros. Entre os que já receberam a primeira parcela do benefício, estão 9,3 milhões de inscritos Cadastro Único que não recebem Bolsa Família; 5,8 milhões de beneficiários do Bolsa Família; e 9,1 milhões de cadastrados via aplicativo e site.
A partir desta quinta-feira (23.04), a Caixa começa a pagar a segunda parcela do benefício para os trabalhadores que estão no Cadastro Único e não recebem Bolsa Família e para os que se inscreveram por meio do site e do aplicativo do Auxílio Emergencial. Já quem recebe o Bolsa Família segue o calendário normal de pagamento do benefício, e vai receber a segunda parcela nos últimos dez dias úteis de maio.

São três calendários de pagamento diferentes:

  • 1. um para quem se inscreveu para receber o Auxílio Emergencial através do aplicativo ou do site do programa;
  • 2. um segundo para os beneficiários que recebem o Bolsa Família;
  • 3. e um terceiro para os inscritos no Cadastro Único que não recebem o Bolsa Família e mulheres chefes de família.
  • Para quem receber via poupança digital da Caixa, os saques em dinheiro começarão a ser liberados a partir do dia 27. Antes disso, no entanto, os recursos poderão ser movimentados digitalmente.

Conta poupança digital

A Caixa está abrindo automaticamente contas de poupança digitais para os beneficiários considerados aptos a receber o auxílio emergencial e que não tenham outra conta bancária nem sejam beneficiários do Bolsa Família.
Os que receberem o crédito por meio da conta digital poderão efetuar transferências ilimitadas entre contas da Caixa ou realizar gratuitamente até três transferências para outros bancos a cada mês, pelos próximos 90 dias. Além disso, podem pagar boletos e contas de água, luz, telefone, entre outras. A conta é isenta de tarifas.
O acesso à conta é feito pelo aplicativo CAIXA Tem, que pode ser baixado na loja de aplicativos dos smartphones.
Fonte: G1

Que tipo de documento deseja enviar a protesto?