Valores a receber: veja quando você poderá receber dinheiro esquecido em bancos

Novo site desenvolvido pelo Banco Central será disponibilizado a partir da próxima segunda-feira (14)

O Banco Central (BC) anunciou nesta segunda-feira (7) que disponbilizará um novo site do Valores a Receber, para consulta sobre recursos esquecidos em bancos. Isso porque a ferramente criada anteriormente apresentou falhas após número alto de acessos.

O novo site para saber se há dinheiro esquecido em contas não utilizadas entrará em funcionalidade na próxima segunda-feira (14).

“No momento da consulta, o cidadão saberá se tem valor a receber e, caso positivo, receberá a data para conhecer esses valores e solicitar sua transferência, a partir do dia 7 de março. O BC recomenda que o cidadão volte ao site na data informada. Caso não compareça nessa data, o cidadão terá que fazer uma nova consulta para receber uma nova data para pedir o resgate”, diz nota do Banco Central.

Ainda segundo a divulgação do BC, “entretanto, o cidadão não deve se preocupar se perder a data por algum motivo. Ele poderá voltar ao site a qualquer momento e receber uma nova data de agendamento. O cidadão nunca perde o direito sobre os valores em seu nome. As instituições financeiras guardarão esses recursos pelo tempo que for necessário, esperando até que o cidadão solicite a devolução”, afirmaram no documento.

Hoje, o site que será disponbilizado pelo Banco Central está no ar com um guia para que os interessados saíbam como devem proceder para conferir e resgatar valores em seus nomes. Para acessar, basta clicar no link.

Banco Central faz alerta para cidadão não cair em golpes de resgate financiero

  • O BC ainda criou um alerta para ninguém cair em golpes durante as solicitações de transferência de recurso esquecido. Veja abaixo:
  • O único site para consulta ao SVR e para solicitação de valores é valoresareceber.bcb.gov.br.
  • O Banco Central NÃO envia links NEM entra em contato com o cidadão para tratar sobre valores a receber ou para confirmar seus dados pessoais.
  • NINGUÉM está autorizado a entrar em contato com o cidadão em nome do Banco Central ou do Sistema Valores a Receber.
  • Portanto, o cidadão NUNCA deve clicar em links suspeitos enviados por e-mail, SMS, WhatsApp ou Telegram.
  • O cidadão NÃO deve fazer qualquer tipo de pagamento para ter acesso aos valores. É golpe!
Fonte: O Tempo

Que tipo de documento deseja enviar a protesto?