fbpx

Janeiro 2020: NAVE – Núcleo Assistencial Veleiro da Esperança

 

Primeira instituição contemplada pelo Protesto Solidário 2020 atende crianças e mulheres vítimas de violência intrafamiliar

Em 2019 o Instituto de Protesto de Minas Gerais contemplou doze instituições pelo Protesto Solidário, uma a cada mês. Neste ano de 2020, seguiremos com o objetivo de continuar apoiando os projetos sociais.

A primeira instituição a ser beneficiada, no mês de janeiro, será o NAVE (Núcleo Assistencial Veleiro da Esperança), uma instituição voltada para mulheres e crianças em situação de vulnerabilidade vitimadas pela violência intrafamiliar (em especial crianças e mulheres vítimas de abuso sexual).

O Núcleo está situado na região do Bairro Ana Lúcia, ao lado da comunidade Barraginha, composta por cinco vilas pertencentes ao município de Sabará, localizada em área limítrofe a Belo Horizonte, Minas Gerais.

O NAVE foi fundado em 1985 por um grupo de pessoas sob a filosofia espírita kardecista com fins nos pressupostos da educação popular na construção identitária do sujeito excluído. As atividades foram iniciadas em Belo Horizonte, no Bairro Horto, atendendo em média a 80 famílias através de cestas básicas, ambulatório de Medicina Chinesa, oficinas de artesanato. Ao longo dos anos outras demandas surgiram (apresentadas pelo coletivo). Com a mudança física da sede (para Sabará, bairro Ana Lúcia), manteve-se o público alvo. Depois, expandiu-se para o atendimento a idosos, crianças e mulheres pela exigência da demanda. Uma alteração significativa ocorreu quando a instituição investiu no potencial de trabalho da comunidade local atendida através de projetos de geração de renda. O atendimento da Instituição não se restringe, porém, a Sabará, pois são atendidos mais oito municípios com encaminhamentos diversos no campo da violência.

Hoje são ao todo 250 pessoas atendidas diretamente e 600 de forma indireta.

O diferencial da instituição é a Ação Circular: a pessoa entra um dia como atendida e, depois, por gratidão, retorna ao NAVE como atendente. Hoje há profissionais de várias áreas como voluntárias ou como funcionárias que um dia foram mulheres atendidas.

Segundo a Secretaria de Desenvolvimento Social, já foram acolhidas mais de 48000 pessoas nos 34 anos.

Nesse tempo, a violência permeou todas as histórias ouvidas e, por isso, tornou-se eixo de luta. Diversas ações como cursos, rodas de conversa, seminários, fóruns e um Congresso Internacional foram realizados desde a fundação, fortalecendo a ação de enfrentamento e de combate aos direitos do sujeito violado.

CONTATO

Para mais informações, entre em contato por meio do telefone (31) 3166-7938, do e-mail equipenave.com@gmail.com ou pela página do Facebook:

www.facebook.com/NaveNucleoAssistencialVeleiroDaEsperanca.

Os projetos abraçados pelo Instituto de Protesto – MG, além de apoio financeiro, recebem e necessitam de outras formas de ajuda para manutenção dos seus atendimentos.

Que tipo de documento deseja enviar a protesto?

A legislação atual não permite o protesto de cheques e notas promissórias de forma eletrônica, recomendamos que se direcione ao cartório de protesto de posse do documento para protestá-lo.

Para localizar um cartório acesse: https://protestomg.com.br/localize.