Sobre o Instituto

Os Cartórios de Protesto

Cartórios são instituições que cumprem funções públicas, porém são geridas por um particular (tabelião) que recebeu delegação do Estado após realização de concurso público. No Cartório de Protesto, o credor apresenta títulos ou documentos de dívidas vencidas para serem protestados, comprovando a mora (atraso na obrigação) e a inadimplência (descumprimento da obrigação) do devedor.

O Instituto de Estudos de Protesto de Títulos do Brasil
SEÇÃO MINAS GERAIS (IEPTB-MG)

Referência em Minas Gerais quando o assunto é receber dívidas por meio do protesto, o IEPTB-MG é uma sociedade civil, sem fins lucrativos, que congrega todos os Cartórios de Protestos e Ofícios de Registro de Distribuição mineiros e é a única entidade representativa dos Tabeliães de Protesto do estado.

São associados ao IEPTB-MG todos os Tabeliães de Protesto, Ofícios de Registro de Distribuição e seus substitutos. Os Ofícios de Registro de Distribuição estão presentes nas localidades onde há mais de um Cartório de Protesto (Belo Horizonte e Juiz de Fora), sendo responsáveis por distribuir de forma equilibrada, entre os cartórios, os títulos e documentos de dívida encaminhados a protesto.

O IEPTB-MG se empenha em tornar o protesto extrajudicial mais simples, acessível, eficiente e seguro para os usuários. Para isso, conta com uma equipe de profissionais multidisciplinares que utiliza a tecnologia da informação para aperfeiçoar e oferecer à sociedade a ferramenta mais eficaz de recuperação de crédito.

Diretoria

2015 à 2018

PRESIDENTE: Eversio Donizete de Oliveira (Tabelião Substituto de Uberlândia/MG)

VICE-PRESIDENTE: Leandro Santos Patrício (Tabelião de São Domingos do Prata/MG)

SECRETÁRIO GERAL: Bruno Gonçalves Fonte Boa (Tabelião de Santa Luzia/MG)

PRIMEIRA SECRETÁRIA: Raquel Duarte Garcia (Tabeliã de Ouro Branco/MG)

SEGUNDA SECRETÁRIA: Marina Polcaro Garcia (Tabeliã de Morada Nova de Minas/MG)

PRIMEIRO TESOUREIRO: Benedito Negri Filho (Tabelião de São Lourenço/MG)

SEGUNDO TESOUREIRO: Flávia Lívia de Souza Silveira (Tabeliã Substituta de Uberlândia/MG)

 

Missão, Visão e Valores

Missão, visão e valores do Instituto de Protesto-MG

Missão: Fortalecer a classe dos Tabeliães de Protesto de Minas Gerais, promovendo e valorizando a atividade.

Visão: Ser reconhecido em nível estadual como modelo de excelência nos serviços oferecidos aos Tabeliães de Protesto, clientes e parceiros até 2017.

Valores:

  • Ética: agir com honestidade, respeito, integridade;
  • Desenvolvimento: busca contínua de novos conhecimentos em prol do crescimento técnico e pessoal;
  • Comprometimento: com projetos, objetivos e metas, de forma atingir os resultados;
  • Excelência: nos serviços prestados aos Tabeliães de Protesto, clientes e aos parceiros.

Linha de Tempo

  • 2003

    Fundação da Seção Minas Gerais – 14 de outubro de 2003:

    - Desde sua criação, presidida por Tabeliães de Protesto e por seus substitutos.

  • 2012

    Criação da Central de Remessa de Arquivos Eletrônicos (CRA):

    - A CRA permitiu a recepção de documentos de forma eletrônica e uniformizada, otimizando tempo, pessoal, custo operacional aos usuários do serviço extrajudicial do protesto. Ademais, colocou o Instituto de Protesto-MG como único interlocutor entre o apresentante dos documentos e todos os cartórios do estado.

  • 2016

    Inauguração da Central Eletrônica de Protestos de Minas Gerais (CENPROT-MG):

    Modernizou a oferta de serviços online à população, como: de emissão de certidões, cancelamento de protestos e envio eletrônico de títulos e documentos de dívida.
    Parceiro dos órgãos públicos das esferas Federal, Estadual e Municipais:
    Recebendo e encaminhando aos Cartórios de Protesto mineiros Certidões de Dívida Ativa desses órgãos, auxiliando na recuperação de créditos públicos.

  • 2017

    Implantação do Edital Eletrônico de Protesto:

    - Publicação e disponibilização dos editais de intimação de forma eletrônica.

 

Sobre o Instituto

Os Cartórios de Protesto

Cartórios são instituições que cumprem funções públicas, mas que são geridas por um particular (tabelião) que recebeu delegação do Estado, após realização de concurso público. No Cartório de Protesto, o credor apresenta títulos ou documentos de dívidas vencidas para serem protestados, comprovando a mora (atraso na obrigação) e a inadimplência (descumprimento da obrigação) do devedor.

O Instituto de Estudos de Protesto de Títulos do Brasil
SEÇÃO MINAS GERAIS (IEPTB-MG)

Referência em Minas Gerais quando o assunto é receber uma dívida por meio do protesto, o IEPTB-MG é uma sociedade civil, sem fins lucrativos, que congrega todos os cartórios de protesto e ofícios de registro de distribuição mineiros e é a única entidade representativa dos tabeliães de protesto do estado.

São associados ao IEPTB-MG todos os tabeliães de protesto, oficiais de registro de distribuição e seus substitutos. Os ofícios de registro de distribuição estão presentes nas localidades onde há mais de um cartório de protesto (Belo Horizonte e Juiz de Fora), sendo responsável por distribuir de forma equilibrada, entre os cartórios, os títulos e documentos de dívida encaminhados a protesto.

O IEPTB-MG se empenha em tornar o protesto extrajudicial mais simples, acessível, eficiente e seguro para os usuários. Conta com uma equipe de profissionais multidisciplinares que utiliza a tecnologia da informação para aperfeiçoar e oferecer à sociedade a ferramenta mais eficaz de recuperação de crédito.

Diretoria

2015 à 2018

PRESIDENTE: Eversio Donizete de Oliveira (tabelião Substituto de Uberlândia/MG)

VICE-PRESIDENTE: Leandro Santos Patrício (tabelião de São Domingos do Prata/MG)

SECRETÁRIO GERAL: Bruno Gonçalves Fonte Boa (tabelião de Santa Luzia/MG)

PRIMEIRA SECRETÁRIA: Raquel Duarte Garcia (tabeliã de Ouro Branco/MG)

SEGUNDA SECRETÁRIA: Marina Polcaro Garcia (tabeliã de Morada Nova de Minas/MG)

PRIMEIRO TESOUREIRO: Benedito Negri Filho (tabelião de São Lourenço/MG)

SEGUNDO TESOUREIRO: Flávia Lívia de Souza Silveira (tabeliã Substituta de Uberlândia/MG)

 

Missão, Visão e Valores

Missão, visão e valores do Instituto de Protesto-MG

Missão: Fortalecer a classe dos Tabeliães de Protesto de Minas Gerais, promovendo e valorizando a atividade.

Visão: Ser reconhecido em nível estadual como modelo de excelência nos serviços oferecidos aos tabeliães de protesto, clientes e parceiros até 2017.

Valores:

  • Ética: agir com honestidade, respeito, integridade;
  • Desenvolvimento: busca contínua de novos conhecimentos em prol do crescimento técnico e pessoal;
  • Comprometimento: com projetos, objetivos e metas, de forma atingir os resultados;
  • Excelência: nos serviços prestados aos tabeliães de protesto, clientes e aos parceiros.

Linha de Tempo

  • 2003

    Fundação da Seção Minas Gerais – 14 de outubro de 2003:

    - Desde sua criação, presidida por Tabeliães de Protesto e por seus substitutos.

  • 2012

    Criação da Central de Remessa de Arquivos Eletrônicos (CRA):

    - A CRA permitiu a recepção de documentos de forma eletrônica e uniformizada, otimizando tempo, pessoal, custo operacional aos usuários do serviço extrajudicial do protesto. Ademais, colocou o Instituto de Protesto-MG como único interlocutor entre o apresentante dos documentos e todos os cartórios do estado.

  • 2016

    Inauguração da Central Eletrônica de Protestos de Minas Gerais (CENPROT-MG):

    Modernizou a oferta de serviços online à população, como: de emissão de certidões, cancelamento de protestos e envio eletrônico de títulos e documentos de dívida.
    Parceiro dos órgãos públicos das esferas Federal, Estadual e Municipais:
    Recebendo e encaminhando aos Cartórios de Protesto mineiros Certidões de Dívida Ativa desses órgãos, auxiliando na recuperação de créditos públicos.

  • 2017

    Implantação do Edital Eletrônico de Protesto:

    - Publicação e disponibilização dos editais de intimação de forma eletrônica.